Número total de visualizações de página

segunda-feira, 30 de julho de 2012

VAI ESTUDAR RELVAS !

















Depois de termos ficado a saber que Miguel Relvas, que por acaso é só o número 2 do governo de Passos Coelho e Paulo Portas, obteve em 2006 uma licenciatura supersónica na Universidade Lusófona, ficamos agora a saber que a fixação dos critérios do processo de Bolonha ao abrigo do qual foi feita a catrozada de equivalências transcendentó-curriculares de sua excelência para o curso de Ciência Politica e Relações Internacionais nesta universidade, só entraram em vigor a 13 de Maio de 2008 aquando da sua publicação no Diário da República.

Que o mesmo é dizermos: o Relvas arrebanhou em 2006 uma licenciatura supersónica que naquela altura não existia ditosa Lusófona ….
O mundo inteiro pôde ler o cartaz “Vai estudar Relvas” exibido por um adepto em diversas etapas da Volta à França, filmado pelas televisões nacionais e internacionais que transmitiam as imagens desta famigerada prova de ciclismo.
Desde então, não pararam os apelos para que Miguel Relvas, o todo-poderoso Ministro do governo de Portugal, faça aquilo que todas as crianças, jovens e adultos de todos os países do globo terrestre fazem: estudar para passarem nos seus exames académicos e poderem obter um canudo, que não seja um brinde saído de um pacote de papas Cerelac, nos gelados ou no detergente da loiça …
O mundo percebe que Relvas anda muito ocupado com os seus negócios privadó-governativos, a ler os relatórios das secretas, a ameaçar jornalistas que lhe apontem com o lápis e a ajudar Passos Coelho a parecer um Primeiro Ministro de verdade …..  mas, mesmo assim, todos esperam que o sobredotado Miguelito, nos intervalos, dedique algumas horas ao estudo da ciência politica que abraçou com tanto amor !!!!
A vaga do apelo a Relvas para que vá estudar, cavalgou por todo o mundo e multiplicaram-se as iniciativas com o objetivo de o sensibilizar ….






O CASPER acha que a licenciatura do Dr. Relvas foi tão rápida, tão rápida, tão rápida, que sua excelência conseguiu terminar o curso, muito tempo antes de qualquer outro aluno ter tido a oportunidade de se matricular ou de o começar …

sexta-feira, 27 de julho de 2012

CONTAGEM DECRESCENTE .... DA GENIAL SUPER LAMEGO CONVIDA ????!!!!!





Das cabecinhas pensadoras de Francisco Lopes e de Paulo Correia, o seu emirato financeiro que então era chefe do gabinete presidencial, saiu a genial super Lamego Convida, a empresa municipal que todos sabemos ser um aspirador turbo dos dinheiros municipais.
Se Francisco Lopes é o presidente administrativo da genial super Lamego Convida, o seu super doutor engenheiro financeiro-ó-administrador é o emirato financeiro.
O saldo anual negativo das contas da genialidade, desde a sua constituição, é sempre a crescer e em milhões de euros negativíssimos ….
No ano de 2011 o saldo final foi de 1.373.420,00€ negativos.
Comparativamente com o ano de 2010 em que o tombo foi de 1.353.981,00€ negativos, a negatividade aumentou 1,4% !!!
As receitas da genial super Lamego Convida em 2011 foram de 351.611€, sendo inferiores nos anos precendentes.
Como o emirato financeiro e o seu presidente Francisco Lopes são detentores de um elevado sentido de humor com que fazem questão de nos divertir, no seu Plano de Sustentabilidade 2036 (de que demos noticia) preveem que as receitas da Lamego Convida em 2012 serão de 2.957.460,00€ crescendo assim, 841% !!!!!!!!!! ????? ....... relativamente a 2010 .....

Ontem, o Concelho de Ministros aprovou um novo diploma que impõe regras de sobrevivência às empresas municipais e que, logo que entre em vigor, impõe aos autarcas que em 6 meses extingam as que não cumpram os critérios de vida.
Como critérios de sobrevivência das empresas municipais exige-se que ao longo dos 3 últimos anos de vida os subsídios de exploração sejam inferiores a 50% das receitas, os proveitos superiores a 50% dos gastos totais e que o EBITDA (indicador financeiro calculado em função da demonstração dos resultados) seja positivo.
Como os critérios não são cumulativos, basta que a empresa municipal falhe um, para que tenha de ser extinta.  

A genial super Lamego Convida como já fomos demonstrando por aqui, não cumpre um único destes critérios …. ficando supra infra, mega abaixo, bué rebaixados, deles!
Basta-nos olhar para os valores das continhas de 2011 e salta às vistinhas de todos, que só neste ano teve as portas abertas à custa de cerca de 80% de subsídios de exploração pagos pela Câmara do Francisco Lopes e que as receitas/proveitos se quedam nuns infra rebaixados 20% … 
Se este não for um diploma para engrossar a lista dos …….. “que se lixe” …. a genial super Lamego Convida entrou em contagem decrescente de extinção !
Para as eleições autárquicas de 2013 … faltam muitos mais de 6 meses, contados a partir da data de publicação do diploma, para se concretizar a extinção das empresas municipais super aspiradoras.
Veremos se o governo do Passos Coelho, Paulo Portas, Vitor Gaspar, Miguel Relvas …. o faz cumprir, ou ………. que se lixe !


O CASPER diz que no lugar do emirato financeiro Paulo Correia, não vá o “que se lixe” passar de moda, mandava já o seu curriculum vitae ao Miguel Relvas …..  



quinta-feira, 26 de julho de 2012

QUE SE LIXE !!!!




Ficamos inteirados.

Se o Passos Coelho se pode estar a lixar para as eleições e outras coisas que tais, também Francisco Lopes na sua Câmara, se pode estar a lixar para a Lei dos Compromissos que o obriga a só fazer despesas se a sua Câmara tiver fundos que garantam o seu pagamento !!!!
Que se lixe se faz despesa e não há cheta camarária para pagar!
É tudo uma questão da onda do ….. “que se lixe” !!!!
Que se lixe se o barco está à deriva, se mete água por todos os lados e se com toda a certeza, o naufrágio é certo e profundo!
Que se lixe!
É o lixanço.
Estamos lixados!  
E já nem interessa se nos lixam com lixa grosseira ou finesse …
Importante, importante .... mesmo importante é o ...... que se lixe!
Para nós, o importante, importante .... mesmo, mesmo importante era que ....... não nos lixassem!
Mas que estamos bué de lixados ..... temos a certeza!
E já que a onda é do lixanço, garantimos que não nos estaremos ....... a lixar para as próximas eleições, sejam elas presidenciais, legislativas ou autárquicas!  





O CASPER diz que o único setor onde não se faz sentir a calamidade do desemprego é nos especialistas especializados que fazem trabalhos especiais, porque têm contado com a predileção afincada dos governantes. 

terça-feira, 24 de julho de 2012

CONSULTADORIA ORGANIZATIVA DE TRANSPORTES ESCOLARES ESPECIAL E SEM FUNDOS .....






Ele há coisas, que por muito que alarguemos toda a nossa melhor das boas vontades interpretativas, não conseguimos encontrar uma réstia ténue ou deslavada de entendimento ….  

Porque raios e coriscos precisa a Câmara de Lamego de um especialista consultor para organizar o transporte das nossas criancinhas e jovenzinhos desde as suas residências até aos respetivos Centros Escolares ?!?!?
Francisco Lopes acha que sim.
O Vasco Lima que gosta de brincar aos autocarros, soma um acrescento à sua pensão de reforma ….
A felicidade é completa.
Já por aqui tínhamos dado noticia, que em 2011 a Câmara de Francisco Lopes tinha feito uma adjudicaçãozinha à CT-Consultadoria de Transportes L.da do Vasco Lima para organizar os transportes escolares dos nossos alunos do ensino secundário, 2º e 3º ciclos.
Agora, é a vez das nossas crianças do 1º ciclo serem igualmente brindadas com tal especialização organizativa!
A adjudicação direta está na forja e como …. especialista … especialista …. é só mesmo o Vasco Lima …. cheira-nos que a setinha adjudicatória vai acertar na sua firma CT-Consultadoria de Transportes!
Os Lamecenses podem pois, ficar radiantes. Os autocarros e carrinhas que irão transportar as criancinhas do 1º ciclo vão circular certinhos, em filinha organizada e não vão provocar engarrafamentos de trânsito …
Os papás ficarão também, muito mais sossegados. Os seus filhos entrarão nos autocarros por ordem da cor do bibe, sentar-se-ão segundo o tamanho das sapatilhas e os cintos de segurança terão a cor condizente às bandoletes e suspensórios.
Tudo organizadinho … tudo certinho …. Ao mais alto nível!  

Já não é novidade para ninguém a calamidade escrunchada que vai pela Câmara de Lamego …. mas Francisco Lopes continua a saltitar, rodopiar e dançar ao som de uma música que só ele próprio e a sua companhia artística, conseguem ouvir e tocar!
A Lei dos Compromissos que o obriga a só despesar ou adjudicar se a tesouraria da Câmara tiver os fundos necessários … é para Francisco Lopes tipo ….. Lá Lá Ra Li Ló Lé …. Lá Lá Lá … Lé Lé Larito ….
Os funcionários bem vão escrevendo e avisando que não há guito para as danças e rodopios  …. mas o espetáculo não pára!
De uma coisa, temos a certeza.
A dança …o saltitar …. o rodopiar …. a música …de Francisco Lopes e da sua companhia artística, não fazem parar a contagem decrescente e vertiginosa da bomba relógio camarária !!!




O CASPER diz que alguém deveria recadar ao Vasco Lima, que a sua consultadoria organizativa e especial não tem fundos camarários e por isso, o melhor é não gastar mais do que recebe da sua pensão de reforma … 

segunda-feira, 23 de julho de 2012

ERVA GOVERNAMENTAL ......










Miguel Relvas é o verdadeiro e sublime …. artista português !
A sua fama de rapaz com talento para as negociatas, aventais, lamaçais e contornar as regras e leis em benefício próprio vem de longe …. e começou bem cedo!
No que se vai conhecendo e está documentado, o Relvas iniciou o seu curriculum de aldrabices e milabolices aos vinte e poucos anos …

Em 1997 o jornal “A Região” trouxe à ribalta as aventuras de um deputado de Santarém.
O rapaz tinha um curriculum partidário brilhante na sua passagem por concelhias, distritais, jota e outras estruturas partidárias que mais tarde (como sabemos hoje) lhe viria a garantir uma licenciatura na Universidade Lusófona, por equivalência em várias cadeiras.  
Contava o jornal na época, que o rapaz tinha o estranho hábito de viver em várias moradas ao mesmo tempo. Apesar de viver em Lisboa, de acordo com a sertã a que se candidatasse, indicava em documentos oficiais, uma de três moradas em Tomar.
A razão para a confusão de moradas e os envelopes selados que deixava, para que nas 3 moradas de Tomar lhe reencaminhassem a correspondência para a sua verdadeira residência em Lisboa era simples: dando uma das suas supostas moradas em Tomar recebia subsídio de deslocação, assim engordando o seu salário.
Juntando-se-lhe a malandrice de ter preenchimento o seu registo biográfico de deputado da Assembleia da República indicando ser estudante universitário do 2º ano do curso de direito, temos um Miguel Relvas no máximo esplendor do desprezo pela verdade  …   
No final dos anos 80, foi a vez da apoteose do escândalo das viagens fantasmas, que mostrou um Miguel Relvas a requisitar viagens à Assembleia da Republica e a convertê-las na agência de viagens em dinheirinho para o seu bolso!
Ninguém no PSD ignora ou desconhecia quem era Miguel Relvas.
O 1º Ministro Passos Coelho que anda pelo PSD há muitos anos e conheceu bem a rapaziada jotinha do seu partido ( de que foi presidente e Relvas secretário-geral) sabia muitíssimo bem quem era o seu Ministro Miguel Relvas.
Passos Coelho não o escolheu como seu aliado para ganhar o PSD pelas suas capacidades politico-intelectuais. Escolheu-o pelo seu talento de chafurdar no lamaçal e depois, levou-o para o seu governo para lhe dar o poder absoluto sobre as pastas onde se podem desenrolar bons negócios.
Miguel Relvas é um homem da maçonaria e possui enormes influências e negócios por terras de Angola e Brasil.
Agora, com os escândalo dos relatórios privados das secretas, das ameaças à jornalista do jornal Público e da forma folclórica como obteve a sua licenciatura ….. o ministro Miguel Relvas tornou-se o alvo de todas as anedotas nacionais!
Uma anedota que por ser o braço direito e neural do 1º Ministro Passos Coelho, indubitavelmente, atinge-o e arrasa-o, assim como a todo o seu governo.
Por muito menos, cairam outros ministros de outros governos. Ao mantê-lo a todo o custo, Passos Coelho só pode ter um, de três motivos: 
·         Tem medo de o ver andar à solta ....
·         Depende dele para manter a fidelidade da mafia do seu partido ....
·        Nada disto o choca, porque já sabia quem era Miguel Relvas e, na realidade, só aparentemente são diferentes um do outro...


Sejam quais forem os motivos de Passos Coelho, não nos juntamos ao coro que pede a sua demissão. 
Por aqui, achamos que Miguel Relvas deve manter-se no governo de Passos Coelho.

E temos sérias razões para assim pensarmos ….  

·         As anedotas são um tónico aliviante para os sacrifícios e a pobreza dos portugueses ……

·         Portugal poderá apostar na exportação de anedotas e Miguel Relvas já deu provas de ser uma soberba musa inspiradora …

·         Na sua exuberância luminosa e pastosa, Miguel Relvas é uma excelente montra da ética humana, politica e governativa de um governo que sacrifica o povo, mas sabe viver das negociatas e para as negociatas …







O CASPER diz que as anedotas do Miguel Relvas são tão boas, tão mais divertidas e infinitas …. que conseguiram ofuscar o negócio dos pasteis de nata do Álvaro !  

sexta-feira, 20 de julho de 2012

DEMOCRATO ........ NO MEGA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE LATINO COELHO !!!




Nuno Crato está a trabalhar para engrossar o seu curriculum com a autoria do maior despedimento coletivo alguma vez promovido em Portugal !
Mega Agrupamentos, turmas com 30 alunos, alterações nas cargas horárias, empurraram para a hecatombe do desemprego em Portugal, mais de 20.000 professores contratados e mais 9.000 professores ficaram com horário zero, sendo obrigados a concorrer a vagas que não existem.
Professores com mais de 20 e 30 anos de serviço foram “mandados para o inferno” ou “ardem no purgatório” a aguardar, a sua mais que certa, transferência para o inferno  ….  
Em Lamego no cozinhamento do Mega Agrupamento que mereceu a distinção das telecomunicações californianas e a que deram o nome de Agrupamento de Escolas de Latino Coelho, entre “o inferno” e “o aguardar no purgatório a entrada no inferno” estão cerca de 70 professores.  
Ainda nos lembramos do tempo em que de Lamego, saíram autocarros carregados de professores para a mega manifestação dos 120.000, que protestavam contra a sua avaliação e progressão nas carreiras ….
Sobre Sócrates, Maria de Lurdes e Isabel Alçada os professores despejaram toneladas de ódio e vociferações, dando um colinho gigantesco a Passos Coelho, Paulo Portas e ao seu agora ministro educacional Nuno Crato.
No passado, por causa de avaliações e progressões os professores saíram para a rua aos milhares …………
Depois, felizes com a sua epopeia, elegeram um novo governo que lhes manteve a avaliação e progressões, e faz questão de lhes dar muito mais …. Mandá-los para o olho da rua …. definitivamente!
Francisco Lopes que no passado era profícuo e ligeirinho a apontar o dedo a medidas governamentais ….. anda agora caladinho, e não faz o que se espera de um Presidente da Câmara: defender os interesses do concelho de Lamego e dos Lamecenses….  



O CASPER jura que ouviu a alguns dos cerca de 70 professores mandados para o inferno ou que aguardam no purgatório, a dizerem: “mandamos o Sócrates embora, e estes são bem piores“  !







quinta-feira, 19 de julho de 2012

NOVO HOSPITAL DE LAMEGO: NÃO DESCARREGAM AS CAMAS .... MAS CARREGAM DAQUI PARA FORA A CIRÚRGIA GERAL DE AMBULATÓRIO !!!!





Em cima da mesa para despacho do Sr. Ministro da Insaúde Paulo Macedo está a proposta de extinção da valência de cirurgia geral ambulatória prevista no Plano Funcional do novo Hospital de Lamego, que para isso conta com três salas de bloco operatório. 

Depois de termos esperado anos de anos …. com a finalização construtiva atrasada 7 meses …. o novo hospital ainda não foi inaugurado e já treme com amputações funcionais!
No ano de 2011 e em plena campanha eleitoral legislativa, os líderes autárquicos e locais do PSD fizeram um cagachim alardoando que o novo Hospital de Lamego era uma desgraça e reivindicando mais camas.
Apoiamos a reivindicação, apesar de não termos gostado que a defesa da nossa saúde fosse utilizada para fins eleitoralistas e soma de votos.
Passado mais de um ano de governação Passista-ó-Portas,  a promessa eleitoral de que as nossas caminhas seriam descarregadas em Lamego, ainda não foi cumprida ….
E desconfiamos que nos andam a esconder que ….. o descarregamento se foi !
Agora, não só, não nos descarregaram as camas …. como ainda, ficamos a saber que os Passistas-ó-Portas pela mão do Insaúde Paulo Macedo, estão a cogitar carregar daqui para fora a nossa cirurgia geral de ambulatório !!!
Apesar de não estarmos em campanha eleitoral para legislativas, esperamos fervorosamente que Francisco Lopes desate a fazer cagachins e alardoanços, que apareçam petições públicas, que os carros com altifalantes circulem na cidade e arredores, que o Teatro Ribeiro Conceição se encha para reclamar, que os deputados do distrito, incluindo os do PSD e CDS, se apresentem publicamente chateados, que as tarjetas negras a dizer “hospital sem cirurgia ambulatória geral não queremos!” sejam colocadas na Avenida e à entrada do novo hospital, que venham as televisões e os jornais nacionais entrevistar o Presidente da Câmara de Lamego, que os Lamecenses saiam para a rua e gritem …… fomos enganados!




O CASPER diz que já tinha dado conta que este governo não dá nada a ninguém e só sabe governar sangrando o povo …   

terça-feira, 17 de julho de 2012

EM LAMEGO A AUSTERIDADE É ELEVADA AO QUADRADO !




Foi fixado o valor do “resgate” financeiro à Câmara de Lamego ….
Dizem-nos que será cerca de treze milhões e oitocentos mil euros.
Um resgate piquinininho!
Não chega sequer para limpar a divida a curto prazo dos fornecedores autárquicos, que em Dezembro de 2011 andava nos 19 milhões e a que, só nos primeiros 3 meses de 2012, Francisco Lopes arrochou com mais de 6 milhões em adjudicações …..
Um simples sopro de oxigénio que não fechará 1/10 do buraco de ozono que envolve a Câmara do Francisco Lopes e que a tornou irrespirável!
O Presidente da Câmara estendeu as mãos e esfregou-as de contentamento. Cogita agora, possibilidade de distribuir .... mil aqui …. mil ali ….. e … de empaleanço .... em empaleanço, aguentar os crentes fornecedores e o esperançado povo, até às eleições autárquicas  de 2013!
Francisco Lopes não deveria esfregar as mãos. Deveria sim, enrosca-las na consciência da sua gestão autárquica para ver se percebe as consequências tenebrosas que as suas ações provocarão nos Lamecenses.   
Os euritos do empréstimo do resgate têm juros …. Altos, por sinal!
Aceder ao resgate, pagá-lo e aos juros, implica descarregar nos Lamecenses mais taxas e impostos e pelos máximos, e cortes que poderão passar pelo despedimento de funcionários da Câmara ….
Lamego e os Lamecenses sofrerão a austeridade camarária, que somará à austeridade que o governo nos impõe!
Francisco Lopes a divindade da gestão autárquica Lamecense vai presentear-nos com austeridade elevada ao quadrado ….





O CASPER diz que o governo exige que as autarquias utilizem o dinheirinho do resgate para pagar em primeiro lugar as suas dívidas às empresas públicas e que como na Câmara de Lamego, estas, são upa … upa … não vai haver mil aqui … nem mil ali … para distribuir pelos fornecedores privados!

segunda-feira, 16 de julho de 2012

PAULO PORTAS ..... A CULPA DO DÉFICE NÃO É DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS. É DOS SEUS SUBMARINOS!





Paulo Portas visitou Portugal para participar no Congresso do CDS Madeira.

Na ilha do Alberto João Jardim o líder do CDS que também é Ministro dos Negócios Estrangeiros e parceiro de Passos Coelho atirou “ Temos de saber e entender que, se o problema de Portugal é défice do Estado, não é justo pretender que o sector privado tenha a mesma responsabilidade de ajudar”.
Quer dizer: para Paulo Portas se a divida é do Estado, os funcionários públicos são os responsáveis e por isso devem ser eles a pagá-la.
Percebemos. Naquela cabecinha viajante, o estado português pertence aos funcionários públicos e foram eles os causadores do défice português ….
Esta teoria de afundamento dos funcionários públicos, não consegue justificar porque é que públicos e privados têm sido esfolados pela austeridade desumana do governo Passos Coelho/Paulo Portas. Tal como não explica, porque é que os subsidios foram cortados aos reformados/pensionistas públicos e privados.
O médico, o professor, o juiz, os funcionários das repartições de finanças, segurança social, conservatórias de registo civil e predial, as polícias … recebem do estado para prestarem serviços ao estado, mas essencialmente a todo o povo português. Todos, para todos. Não gerem dinheiros do estado.  
Quem recebe do estado, trabalha só para o estado e gere dinheiros do estado são os governantes ….
Os privados e os públicos trabalham para patrões …. Patrões privados ou estado. 
Se Paulo Portas quer responsabilizar alguém pelo défice ……… pode começar por ele próprio e tratar de tapar do seu bolso o buracão, que causou nas contas públicas com a compra ruinosa de submarinos e carros blindados, quando era Ministro da Defesa no governo de coligação com Durão Barroso!
Os funcionários públicos não foram tidos, nem achados!
Os submarinos de Paulo Portas custaram 1.000.000.000,00€ (mil milhões de euros)
Paulo Portas aceitou pagar mais 30 milhões de Euros do preço acertado pelos submarinos.
Aquando da compra dos submarinos a NATO alertou e considerou esta compra desnecessária. 
O embaixador Americano em Lisboa, num dos telegramas, tornados públicos pela Wikileaks de Julien Assange, considerou na época que o governo português (Durão Barroso/Paulo Portas) “ apesar das dificuldades financeiras do Estado, gosta de gastar dinheiro com "brinquedos caros" e desnecessários"
Na Alemanha dois ex-quadros da empresa Ferrosttal foram acusados de corrupção pelo pagamento de mais de 62 milhões de euros “em luvas” para garantir a encomenda de submarinos por Portugal e Grécia.
Se o dinheiro saiu da empresa alemã, teve de chegar e entrar na conta de alguém na Grécia .... e de outro alguém em Portugal.
Na Grécia a conta recheada levou à prisão de um governante.
Em Portugal apesar das buscas feitas até hoje, em vários escritórios de advogados e de outras gentes que participaram nas negociações entre o Estado português e o consórcio alemão, os investigadores não conseguiram encontrar o contrato de aquisição dos submarinos que, pura e simplesmente, se “evaporou”.
As investigações ao negócio dos submarinos que disparou o nosso defice, tiveram início em Julho de 2006, através de uma certidão retirada do processo “Portucale”, onde o Ministério Público identificou uma conta bancária na Suiça, por onde terão passado quase 30 milhões de euros pagos pela vencedora do concurso à Escom, uma empresa do Grupo Espírito Santo.
A lista de nomes dos envolvidos neste nebuloso negócio é longa.  De entre os figurões que influenciaram a compra estão: Paulo Portas, ministro da Defesa aquando da sua negociação e assinatura, bem como os homens da sua confiança que nomeou para integrarem o grupo de trabalho que o assessorou na compra dos submarinos: coronel Fernando Serafino (diretor-geral do Armamento e Equipamentos de Defesa, coordenador do grupo de trabalho), contra-almirante Luís Caravana (da Direção de Navios da Marinha, responsável pela parte operacional, técnica e logística); Pedro Brandão Rodrigues (presidente da Comissão das Contrapartidas, hoje deputado do CDS), Bernardo Carnall (secretário-geral do Ministério da Defesa, para a área financeira) e Bernardo Ayala (advogado, na altura do gabinete de advogados Sérvulo Correia e Associados, o escritório que apoiou juridicamente o ministério). Este é, até à data, o único arguido no processo, cuja investigação se arrasta há anos ..... Gil Corrêa Figueira, representante da Ferrostaal em Portugal e Jürgen Adolff, ex-cônsul honorário de Portugal em Munique, cargo que acumulava com o de consultor do consórcio alemão, fazem igualmente parte deste rol.
Os investigadores conseguiram seguir o rasto desse dinheiro até offshores nas Bahamas e nas Ilhas Cayman (Caraíbas), onde o perderam. A suspeita é a de que parte desse dinheiro possa ter sido usado para influenciar a escolha do consórcio fornecedor dos submarinos, apontando uma coincidência de datas (em 2004) entre os avultados pagamentos da Ferrostaal à ESCOM e depósitos em numerário, num valor superior a 1 milhão de euros numa conta titulada pelo CDS, partido liderado por Paulo Portas, na data Ministro da Defesa. 
A memória da maioria dos portugueses pode ser curta, mas não a de todos.
Não nos esquecemos que não vamos recuperar os milhões que foram desnecessariamente investidos em submarinos, só para que alguém ganhasse milhões com a sua compra.
Se o país está como está, a culpa não é dos funcionários públicos.
Paulo Portas é culpado! Outros como ele, também o são! 
No minimo que se cale .... ou então, que haja alguém, que na sua próxima abertura de boca sobre a responsabilidade dos funcionários públicos no défice de Portugal ........ lhe enfie como supositórios .......... os submarinos Arpão e Tridente!




O CASPER recomenda aos investigadores, que procurem o contrato dos submarinos de entre as 60.000 fotocópias de documentos do Ministério da Defesa que Paulo Portas tirou quando deixou de ser Ministro … 

sexta-feira, 13 de julho de 2012

BOTA PR´A LÁ UMA LICENCIATURA ....





O CASPER diz que agora, que já é doutor se sente muito mais luzidio e também já pode chegar a Ministro …. do Passos Coelho!

quinta-feira, 12 de julho de 2012

AO QUE ISTO CHEGOU !!!!




Na Câmara de Lamego, depois do papel higiénico, a crise abateu-se sobre os esgregões e detergentes à maneira.

Há já alguns meses que as limpezas na Câmara são feitas com água, que passou a correr muito pelo sabão, e farrapos.
Detergentes à maneira, esgregões ou esponjas esfregativas já passaram à história dos tempos aureos!
A coisa foi mais desesperante, quando há alguns dias, porque andaram a fazer umas reparações pelas bandas do edificio camarário, sobraram poeiras e empregnações de cimentos e tintas.
Por mais que o pessoal da limpeza se esforçasse, o liquido ensaboado e o farrapinho não davam conta do recado …. limpal !!!
O pessoal técnico e escriturário bem queria assentar arraiais e tratar dos papeizinhos como lhes compete, mas a coisa liquida não limpava as empregnações.
Valeu à labuta dos funcionários, aos papeizinhos, às calças e vestidos que se haveriam de sentar e escrevinhar, a irritação da Engenheira que apesar do praguejamento praguejado de “ao que isto chegou ( !!!!)”, resolveu aliviar o seu próprio bolso e fornecer à Câmara para quem trabalha o material de limpeza necessário.
A Senhora Engenheira, tem razão.
“Ao que isto chegou!”
Um funcionário da Câmara de Lamego, ver-se "obrigado" a pagar do seu próprio bolso detergentes e esfregões para ter limpo o seu local de trabalho e poder trabalhar!



O CASPER diz que já tinha dado conta que a gestão da Câmara de Lamego está muito necessitada de uma boa e urgentissima limpeza, mas com detergentes e esfregões adequados, porque a água de lavar sabão e os farrapos são inócuos.  

quarta-feira, 11 de julho de 2012

CULPADO






Francisco Lopes ingeriu e ingere a Câmara de Lamego gastando à fartazana.
Quando a cheta se esgotou, pediu emprestado aos bancos.
Gastava o emprestado e pedia mais.
De fartazana em fartazana ….. de empréstimo em empréstimo …. os calotes foram-se amontoando e agora …..
A Câmara de Lamego não tem cheta!
A cheta não nasce na Câmara de Lamego!
Os bancos querem a devolução da cheta emprestada …..
Nos meses de Abril e Maio cairam “algumas” (só algumas !!) das prestações bancárias de  amortização dos juros e da cheta emprestada.
E ….. não houve cheta ..... para pagar as prestações!
De 1.119.907,41€ que a Câmara deveria pagar aos Bancos nestes meses, Francisco Lopes só conseguiu saldar menos de metade ….   


No mês de Abril a Câmara do Francisco Lopes regista gastos (compromissos) assumidos de 2.249.207,59€ e só pagou 703.193,19€, restando de calote 1.546.014,40€.
Já no mês de Maio a gastação é 2.440.743,02€, só consegue pagar 479.950,23€ e a ardência é de 1.960.792,79€.
As contas camarárias continuam sempre a subir e a somar na gastação e endividamento …
Francisco Lopes encerrou 2011 com uma divida só a fornecedores de cerca de 19 milhões de euros, que ainda não pagou … mas a que já somou mais milhões!
Aos Bancos pela mesma altura ia nos 14 milhões, já pediu mais milhões  … e como se vê, falha no pagamento das prestações bancárias!
Se nos vier à memória a Lamego Convida e o multiusos …. Ficamos acidóticos!

Francisco Lopes é culpado da sua má gestão autárquica e do super mega endividamento em que irresponsavelmente afundou a Câmara de Lamego e, por arrastamento, os Lamecenses já que será dos nossos bolsos (IMI pelo máximo, 5% do IRS, derrama, água, saneamento, lixo, taxas de proteção civil, estacionamentos, licenças e outras taxas  …. ) que sairá o pagamento da fartazana autárquica!
E nós é que levamos com a austeridade e nos atiram à cara que andamos a viver acima das nossas possibilidades ????? !!!!!!  .... 




O CASPER diz que a Câmara do Francisco Lopes falhou nos Bancos, mas não falhou nos comensais, no champanhe ….     


















domingo, 8 de julho de 2012

UM LUGAR À SOMBRA ....




O Parque de Estacionamento de Almacave corre sérios riscos de ser ……. Excomungado!
Parece que a Diocese de Lamego que, pelos vistos, também já deu conta que na Câmara de Lamego basta um sim do incomensurável chefe de gabinete presidencial para que tudo se faça ou desfaça, tratou de garantir com o Sô Pinto, que no Parque de Estacionamento de Almacave fosse contemplado um lugarzinho especial para aparcamento do veiculo do Sr. Bispo. 
O incomensurável que é um rapaz que nasceu para fazer o que lhe dá na real gana e para quem as leis, regulamentos, portarias e afins são tretas e balelas, como não poderia deixar de ser, garantiu o parqueamento bispal.
Arrancada a construção, a Diocese tratou de saber se o lugar para a viatura do Sr. Bispo estava à altura das circunstâncias.
Com o Sô Pinto ausente em terras da Califórnia, procuraram a resposta nos Serviços Técnicos da Câmara.
E eis que a Diocese descobriu, que o lugarzinho ….. não estava, não havia, não fora previsto no projeto!
Logo que o incomensurável chefe de gabinete presidencial desfez as malas californianas, a Diocese tratou de reivindicar-lhe o garantido aparcamento.
Confrontado com a inexistência, o Sô Pinto pousou o seu charuto e deu despacho …. Retire-se um dos três lugares previstos para deficientes e faça-se o parqueamento bispal!
O problema é que Engenheira responsável pelo projeto e fiscalização da obra diz que não pode ser, por se tratar de uma obra que tendo fundos comunitários tem de ser executada cumprindo o projeto candidatado e aprovado.
A Diocese apelou ao objetivo supremo de se tratar de um lugarzinho para o Sr. Bispo ….
O incomensurável Chefe de Gabinete mascou uma caixa inteirinha de charutos…
Francisco Lopes apelou à capacidade malabarística dos Serviços Técnicos …
A Engenheira que, pelos vistos, não quer saber se a mandam para as ardências do inferno ou para as quenturas do purgatório, bateu o pé …. o pé … o pé ….
Nâo há lugar à "sombra" ...
Seja para o Bispo ou para o Papa ….
Para o Presidente da Câmara ou da República …
Para o Pinto ou para a Pinta …
Nada de ilegalidades na obra dela que tem fundos comunitários!
Não sabemos se a Sr.ª Engenheira manterá, ou não, o seu bater do pé, mas que berrou que o projeto aprovado na medida ON2 é para cumprir … berrou!  

Não há dúvida que as obras do Francisco Lopes andam pelas ruas da amargura ….
Só faltava mesmo ….. o risco de uma obra …….. excomungada!
Será por isto, que a construção do Parque de Estacionamento de Almacave está paradérrinha ???
Ou, será porque também era uma das obras que marcou presença na lista das construções para serem limpas do QREN ?!?!?  





O CASPER alvitra que se a Engenheira mantiver a batida do pé, o Sô Pinto demite-a do lugar de responsável pela obra e nomeie outro Técnico sem pé, que cumpra o despacho da aparcação do carro do Sr. Bispo.  Ou, poderá até, despachar a feitura imediata de uma garagem na Casa Episcopal …