Número total de visualizações de página

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

É SAMBA ....






 
Apoiar a prática desportiva local é uma obrigação das Câmaras Municipais.  

Não sabemos quais foram os critérios, ou até se os houve, para a escolha das associações desportivas a quem a Câmara de Lamego decidiu atribuir subsídios.
Não sabemos quais os juízos, ou se os houve, que justificaram os valores atribuídos a cada uma das eleitas.
Sabemos sim, que o valor total dos subsídios é de 143.460 euros.
Sabemos sim, que a Câmara do Francisco Lopes …. não tem fundos disponíveis !!!
Tal como sabemos, que para Francisco Lopes não haver cheta camarária não é um estorvo à gastação.
E muito menos, a sua obrigação de cumprimento da Lei dos Compromissos e Pagamentos em Atraso ou a assinatura que desenhou no PAEL e no Plano de Saneamento Financeiro que o impede de aumentar o valor dos pagamentos em atraso, são tropecilhos embarreirados !!!  
Os Técnicos financeiros da Câmara de Lamego bem se esforçam por explicar e escrever muito devagarinho que assumir compromissos sem que haja fundos disponíveis é ilegal e até apontam as consequências.
Transpiram até, a pôr as letrinhas bem negritas e sublinhadas ….  mas nem assim Francisco Lopes tropeça no atravancamento.
A gestão financeira da Câmara de Lamego está transformada num autêntico sambódromo de carnaval ….
Cumprir a Lei dos Compromissos e Pagamentos em Atraso e as obrigações decorrentes da assinatura do PAEL e do Plano de Saneamento Financeiro é samba …. mesmo, mesmo samba !!! 
 

 

O CASPER adverte os desportistas eleitos dos subsídios, que devem ler o artigo 9º, n.º 1 da Lei dos Compromissos para ficarem a saber que os euros não lhes podem ser pagos e se forem, como a decisão é nula, um dia destes vão ter de os devolver …   
 

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

MERCADOS ....










O CASPER diz que não percebe porque é que os governantes festejaram e ficaram felizes por terem ido aos mercados buscar mais uns milhões de euros a juros mais elevados que os da troika, porque não trouxeram nada para o povo. O recibo salarial veio mais baixo, os desempregados aumentaram, o empobrecimento já é fome, o céu passou a telhas e o roubo fiscal de 2013 só agora começou !!!  


sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

EM LAMEGO ..... TEMOS REI DO PATRIMÓNIO CULTURAL E MUSEUS






A Associação Nacional de Museus atribuiu ao Museu de Lamego o 1º Prémio da Melhor Intervenção em Restauro e Conservação no âmbito da campanha “Conhecer, conservar e valorizar”. O prémio refere-se ao ano de 2012 e a uma altura em que o nosso Museu estava sob a direção de Agostinho Ribeiro.

Em Lamego ficou tudo caladinho e ninguém festejou porque não convinha que o povo soubesse que o trabalho do director saneado tinha sido premiado. O actual director do Museu de Lamego foi a correr muito, badalar e festejar em Salzedas a menção honrosa que o mesmo organismo atribuiu à recuperação deste Mosteiro, que ele coordenou e onde a empresa da mulher trabalhou por conta de um ajuste directo. Uma claríssima exibição da alta consideração que lhe merece o nosso Museu e do quanto podemos contar com ele para manter o prestigio que granjeou no panorama nacional e internacional.
Neste campeonato … diríamos que o resultado foi Agostinho/Museu de Lamego – 1, Sebastian/ Mosteiro de Salzedas – 0  !!!! 
 

O ICOM é um organismo internacional especializado na área dos museus, da preservação e divulgação do património natural e cultural mundial. Com um excepcional prestígio mundial é o executor de grande parte dos programas que incidem sobre os Museus implementados pela UNESCO.
Em Portugal, o ICOM tem um Comité Nacional. O ICOM Portugal vai realizar um debate sobre “ Património Cultural e Museus: que práticas, que perspectivas de gestão integrada “.
Num organismo com este prestígio e excelência, mesmo para os mais distraídos é óbvio para todos, que quando se promove este tipo de eventos o rol dos palestrantes convidados é sempre gente de renome elevado, que sabe o que diz e do que fala. E …. Agostinho Ribeiro é um dos palestrantes convidados pela ICOM.
Neste campeonato das gentes dos museus de renome elevado, diríamos   …. Agostinho Ribeiro – 1 / Sebastiam – 0 /  Directora Regional da Cultura do Norte – 0 !!!!  
 

Agostinho Ribeiro tem o hábito de não mandar recado por ninguém e dizer olhos nos olhos e com abundante frontalidade e rigor, o que pensa e defende na vida, na cultura, na política e para Lamego. Por causa desta sua mania intrincada, que incomoda cinderelas convencidas das suas cumeadas, tem levado algumas pauladas. A última cacetada com que foi presenteado (saneamento como director do Museu de Lamego) foi-lhe desferida, depois de publicamente ter atirado forte contra a decisão governativa de desclassificação do nosso Museu.
Os governativos, lá e cá não gostaram. E muito menos gostam que alguém saiba discutir com sabedoria e frontalidade sobre alguns assuntos, relativamente aos quais se acham donos e senhores.  
Os experts nacionais e internacionais dos museus reconhecem que devem ouvir o que tem Agostinho Ribeiro a dizer sobre “ Património Cultural e Museus: que práticas, que perspectivas de gestão integrada “.
Que o mesmo é dizerem … vamos contar com a presença do grande Museólogo de Lamego, que nos enriquecerá com os seus conhecimentos e sabedoria sobre a prática e gestão museológica, o património cultural e os museus.
Goste-se, ou não, deste Lamecense, dê, ou não, jeito a alguns ou, até quiçá, para desgosto das subidas eminências pardas, notoriamente Agostinho Ribeiro é um prestigiado e possante Rei na cultura patrimonial e na museologia nacional e além fronteiras ….
Porque com a vitória destes campeonatos, foram glorificados e enaltecidos o desclassificado Museu de Lamego e Lamego, já que temos um Rei do Património Cultural e Museus de reconhecidos méritos nacionais, por aqui achamos que Agostinho Ribeiro merece um trono real com a bandeira do nosso País …

 

 

 

O CASPER diz que se estivesse na pele do Sebastian e da Directora da Cultura de todo o Norte quando foi tornado público o resultado dos campeonatos dos prémios e do painel de palestrantes convidados pela ICOM, teria sentido uma cacetada muito apancada … pela distinção zero a que foi remetida as suas performances.  


terça-feira, 22 de janeiro de 2013

BOTA LÁ MAIS SHAKE !!!!




A Câmara do Francisco Lopes resolveu dar um subsídio de 20.000 euros à Associação de Empresários da Hotelaria e Turismo do Douro.
Está bem.  
A Câmara do Francisco Lopes não tem euros para dar 20.000€ à Associação de Empresários da Hotelaria e Turismo do Douro.
Está mal.
A Câmara do Francisco Lopes está-se a borrifar para o facto de não puder dar 20.000€ à Associação de Empresários da Hotelaria e Turismo do Douro, como escarrapacharam escritamente os serviços financeiros autárquicos.
Está mal.
A Câmara do Francisco Lopes está-se a borrifar para a Lei dos Compromissos e Pagamentos em atraso (LCPA).
Está mal.
A ministra da justiça do governo do partido do Francisco Lopes disse que a impunidade em Portugal tinha acabado. 
Está bem, mas não parece. 
A Câmara do Francisco Lopes é …….. um permanente BOTA LÁ MAIS SHAKE !
Está mal.

 

 

O CASPER  diz que não conseguiu descobrir qual é a "necessidade de urgência imperiosa e inadiável" a que se refere Francisco Lopes para sem ter fundos disponiveis atribuir o subsidio à AE. HTDOURO - Associação Empresarial  e pergunta se alguém tem conhecimento desta urgência urgentissima.

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

DEMOCRACIA COM GÁS PIMENTA ......





Seis estudantes receberam assistência médica, em consequência da "carga" da PSP durante o protesto "espontâneo" de adolescentes estudantes na Escola Alberto Sampaio contra a agregação deste estabelecimento de ensino num "mega-agrupamento".
"Não foi nada combinado. Surgiu de forma totalmente espontânea. Nós não queremos esta agregação e foi isso que quisemos manifestar. Estava a ser um protesto pacífico até a PSP começar a abrir caminho entre os alunos atirando gás pimenta sobre nós", disse o presidente da Associação de Estudantes.
Pedro Martins explicou que as idades dos colegas atingidos pelo gás pimenta varia entre os 12 e os 15 anos e disse que "a PSP devia ter tido em conta que ali estavam alunos desde o 7º ao 12º, todos menores de idade".
O INEM "prestou no local assistência a seis alunos mas dois foram encaminhados para o Hospital de Braga" tendo já tido alta mas, "vão ter que receber antibióticos e acompanhamento durante os próximos dias".
A diretora da Escola Alberto Sampaio que se situa no centro de Braga explicou à Lusa que a "revolta" dos alunos surgiu depois de ter sido publicitada, em Diário da Republica, a agregação da escola com uma outra, a de Nogueiró localizada na periferia e a muitos quilómetros. "Não percebemos a razão deste mega-agrupamento. Tínhamos a decorrer o processo para o Contrato de Autonomia da Escola Alberto Sampaio e um outro com o pedido de suspensão da agregação. Nenhum dos dois teve resposta e ontem [quinta-feira] fomos confrontados com esta decisão"
Spray de pimenta ou gás-pimenta é um agente lacrimogénio, um composto químico que irrita os olhos e causa lacrimejo, dor e mesmo cegueira temporária. O gás pimenta atua nas mucosas dos olhos, nariz e da boca, causando dor, irritação, ardor e sensação de pânico.
O gás pimenta está proibido no Reino Unido por ser considerado arma ofensiva, no Canadá é uma arma proibida, na Finlândia é considerado arma de fogo, em Portugal é usado pela PSP que o considera adequado para jovens e crianças.
A utilização do gás-pimenta para controlar estes alunos foi confirmado pela própria PSP, que justificou a medida como forma de evitar o “uso de formas mais musculadas de intervenção”.
Vale a pena ver aqui as caras ameaçantes dos gandulos perigosos …   
O povo de Braga e de todo o Portugal deram saltos de contentamento quando viram a PSP a demonstrar o seu grande empenho no combate aos perigosos criminosos da escola Alberto Sampaio, uns matolões que ameaçavam a paz pública do governo do Passos e Portas.
Depois de o ministro Miguel Macedo na véspera da última manifestação ter promovido as chefias do pessoal do cassetete, a actuação em Braga frente a uma montanha de gandulos armados até aos dentes, foi um sinal do aumento de produtividade ....
Não só foram produtivos, como pouparam no músculo e nas munições, optando pela utilização de gás pimenta, um gás químico há muito banida noutros países por ser considerado uma arma perigosa, mas que no Portugal do Miguel Macedo e do Passos Coelho é apresentado como a solução ideal para evitar gastos em músculos e no fitness para os manter !!!!  
 



O CASPER diz que a democracia em Portugal está cada vez melhor ...

sábado, 19 de janeiro de 2013

PÉ ANTE PÉ ..... A REDE DE DISTRIBUIÇÃO DA NOSSA ÁGUA EM BAIXA ..... VAI-SE !!!

 
 
 
 
Passos Coelho quer privatizar as Águas de Portugal, mas antes disso, para a tornar lindinha para os abutres tem de a limpar das calotas muito subidas que as Câmaras caloteiras lhe pregaram.  
Para esta limpeza, as Câmaras desfalecidas que recorreram ao PAEL, como a de Lamego, têm como obrigação prioritária pegar neste milhares que receberam emprestado e pagar o que devem às Águas de Portugal.
Desta forma, o Passos Coelho e o seu Gaspartroiko limpam as Águas de Portugal dos lixos tóxicos e põem-na prontinha para ser entregue a uns quaisquer gurus estrangeiros cujos bolsos brilharão com a limpidez da nossa preciosa água e rede de distribuição …
 
Em Lamego a Câmara de Francisco Lopes já vendeu a rede da nossa água em alta.
Agora … de mansinho, pé ante pé, com pezinhos de lã para que os ouvidos não ouçam e as vozes não falem, prepara-se …. para vender às Águas de Portugal a rede de distribuição em baixa da nossa água.
Que o mesmo é dizer ….. metê-la na privatização do Passos Coelho e do Gaspartroiko.
Na Câmara de Lamego os levantamentos e as continhas já foram feitas.
Em Lamego, pé ante pé ….. toda a rede de distribuição da nossa água vai-se …. para mãos que não são Lamecenses!
Na Câmara que Francisco Lopes esfacelou e desbaratou em dividas e engenharias financeiras, vendem-se os dedos, porque os anéis há muito que voaram !!!!    
 
 
 
O CASPER pergunta se alguém sabe porque é que o Passos Coelho, Paulo Portas e o Gaspartroiko em vez da saúde, escola pública e segurança social, não pediram ao FMI para avaliarem o despesismo das autarquias, das empresas municipais e das público-privadas.
 

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

CLARISSIMO ....






Nos últimos dias o CASPER tem sido vítima de vigilâncias e de sucessivos ataques informáticos que pretendem impedi-lo de falar sobre o que vê nas suas vagueações…
Notoriamente, o CASPER causa bué de incómodos, enfadonhos, transtornos, embaraços, indisposições, nocividades …. a alguns.
Não é o CASPER que tem a culpa ….
Culpados, mesmo, mesmo culpados, são todos aqueles que tendo a responsabilidade de gerir dinheiros públicos (que é o saco de euros, onde cai todo o dinheiro dos nossos impostos, cortes salariais, taxas …. que nos sai do suor do nossos trabalho), não o usam com transparência, rigor, cumprimento da lei, da moral e da ética.
Culpados são mesmo, mesmo aqueles que não aplicam os nossos impostos, pensando nas nossas necessidades, mas antes nas suas megalomanias.
Culpa têm aqueles que gastam os nossos euros em cimentos que nos emparedam e que os usam para seu regalito …
Culpados são aqueles que beneficiam uns, e prejudicam outros, que fazem de nós burros, que estão convencidos que o seu poder não tem limites e que esse poder lhes garante  impunidade.  
Culpa têm aqueles que estão convencidos que o seu estomago é diferente do nosso …
Sempre foi claro e aqui fica mais uma vez claríssimo, que não é, nem nunca foi o cidadão que exerce o cargo público que ocupa o nosso cérebro ou nos torce o estomago.  
Quaisquer que sejam as contingências pessoais ou familiares, o CASPER não vagueia por vidas privadas … Esse é um mundo pessoal, próprio e intimo.
Vagueia sim, por tudo o que é público, pelos mandos e desmandos que tocam em dinheiros públicos e pelos corredores políticos onde nascem e vivem congeminações que fustigam ou fustigarão os interesses, que são só públicos, comunitários …. de todos nós!
O CASPER é pertença de um mundo de gente que não gosta que abusem dos dinheiros públicos, de muita gente que fica com o estomago às voltas com mirabolices financeiras que nos entaipam …. De um mundo de gente que tem o direito de saber o que lhe escondem ou, não dizem, sobre o destino dos seus impostos.
Como um serviço público de informação, sempre humoradamente para aliviar a depressão, que nos causa o que vemos por aí …. o CASPER, com ou sem ataques, com ou sem vigilâncias continuará …. Aqui … ou renascendo noutro qualquer endereço.
Existimos, porque os culpados …… são mesmo, mesmo, mesmo, aqueles que nos fazem mal !  

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

O SÔ PINTO !!!!

 
 
 
Ora pois então ….
 
O  imensurável chefe do gabinete presidencial prepara-se para fazer o assalto final ao poder camarário e quer ser o segundo na lista candidata da coligação PSD/CDS encabeçada por  Francisco Lopes.
Ora pois então …
O boss Pinto quer ser vereador e vice-presidente da Câmara de Lamego e quiçá chegar à presidência !!!!
Ora pois então …
Há coisas … tão coisadas … tão coisantes …. que nos atiram para os confins de Marte !!!
Poucos serão aqueles que em Lamego não terão na lembrança a era do Sô Pinto pré-Francisco Lopes e da chorrilhada dos cheques sem cobertura, das fugas ao fisco, dos balúrdios de dívidas às finanças, dos calotes aos magotes, das empresas falidas, dos mandatos judiciais para o obrigar a responder em Tribunal  …  
Na era Francisco Lopes o Sô Pinto começou por ser o seu assessor de imagem e comunicação, numa contratação em que não foi cumprida a exigência legal das contratações públicas de apresentação de documento comprovativo de que o Sô Pinto não tinha dívidas ao Fisco …. E percebe-se o porquê !!!!
Depois, Francisco Lopes compensando-o pela sua imensurabilidade e tratamentos de imagem comunicacional, promoveu-o a Chefe de Gabinete ….
Com a bênção presidencial, o Sô Pinto passou a ser o boss camarário que manda em tudo que mexe e a quem é obrigatório ir ao beija mão para resolver o que quer que seja ....
Embalado no bosserangue e convencido da sua imensurabilidade, o Sô Pinto nas próximas eleições autárquicas quer subir de importância e já esfumaça congeminações  estratégicas que o levem até à categoria de vereador e principalmente a vice presidente … da Câmara de Lamego.    
Ora pois então …. nada de estranho !!!
Esta é a era dos Dias Loureiro, dos Relvas, dos Pintos …
 
 
 
O CASPER recomenda ao Sô Pinto que já agora, mande para a Lusófona o seu vasto curriculum porque de certeza que lhe mandarão um contentor carregadíssimo de doutoramentos … 
 

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

DE DEDO APONTADO PARA O COMPLEXO DESPORTIVO DE LAMEGO ...





Francisco Lopes tem um problema muito intrincado e maçador para resolver  

Claro que o problema que o trás aborrecido não é a super mega híper falência financeira da sua Câmara e que a nós, nos põe o estomago às voltas!
O problema que tem importunado Francisco Lopes por estes dias chama-se …... Paulo Correia, o emirato financeiro que saltou da Chefia do Gabinete Presidencial para a administração da Lamego Convida.
2013 é o ano que a lei marcou para o encerramento das empresas municipais falidérrimas.
2013 é o ano do desaparecimento da mirabolante Lamego Convida, a bombástica empresa municipal que Francisco Lopes e Paulo Correia inventaram para chuchar e baralhar fantasticamente as contas camarárias, nunca tendo sequer, conseguido  ganhar euros para sustentar os salários do seu pessoal, durante todo o seu tempo de existência.
Com o fechar das portas, Francisco Lopes é empurrado para a necessidade de dar rumo ao pessoal da Lamego Convida …
Diz ele que 32 serão “cedidos” à Câmara Municipal.   
Como não somos burros, percebemos que esta coisa da “cedência” é uma treta, tretada e entretada …
Com o desaparecimento da Lamego Convida os trabalhadores que nela exercem  funções, mas pertencem aos quadros municipais – e serão uns 2 ou 3 – regressarão ao seu habitat.
Para os restantes, infelizmente, não há solução alternativa ao seu despedimento ...
Proibido de efectuar contratações e a ter de cumprir o plano de saneamento financeiro que o impede de aumentar despesas, a hipotese de inclusão destes despedidos nos quadros da Câmara Municipal terá, obrigatoriamente, que passar por uma autorização especial do Gaspatroika. E será que a dará a uma Câmara mega super híper chuchada ???!!!
Claro que em época de eleições, cheira-nos que a “cedência” deve ser, assim do tipo .... despedidos, Centro de Emprego, subsidio de desemprego, integração em programas de colocação de subsidiados na Câmara para disfarçar ….  E, claro, a promessa de contratação para a Câmara, no final !!!!  
Assim do tipo, empurra para depois das eleições para não fazerem ondas até lá, e depois …. Chuta, que já votaram !!!! 
O busílis intrincado é mesmo o destino a dar a Paulo Correia …um regalado emirato financeiro a quem só resta um encaixe politico nomeativo !!!!
Francisco Lopes matutou, matutou e apontou …. Complexo Desportivo de Lamego !!!
Para conseguir a nomeação do seu emirato como dirigente do Complexo Desportivo de Lamego, prantou-se em Lisboa.
A coisa não correu lá muito bem … Francisco Lopes veio sem conseguir o encaixe nomeativo do seu emirato.
Mas vai continuar a insistir …. no Complexo Desportivo.
A situação é urgente.
O encaixe privilegiado do seu emirato financeiro é um problema de resolução intrincada !!! 

 


 

O CASPER  diz que o Relvas é a pessoa indicada para encaixar o dono de um curriculum de gestão financeira associado à hecatombe da Câmara de Lamego, da Lamego Convida, da Lamego Renova e aos chumbos do Tribunal de Contas 

domingo, 6 de janeiro de 2013

REGABOFE PUBLICITÁRIO ....

 
 


Suspeitamos perplexos que a publicidade é um bem essencialíssimo na vida camarária de Francisco Lopes. …

É assim um bem necessário do tipo …. Imprescindível, como o pão para a boca !
No ano de 2012 a Câmara do Francisco Lopes gastou 174.730,34€ (147.165,00€ que tinha orçamentado mais 27.565,34€ que gastou mas não conseguiu cabimentar por falta de dotação orçamental) em publicidade …
E deste valor, ficou um calote de 41.302,48€ (27.565,34€ não cabimentados, mais 13.737,14€ que foram cabimentados mas não pagos) que transita para ser pago (?) em 2013.
Em 2013, Francisco Lopes quer gastar 168.055,52€ … um valor superior em 20.890,52€ ao que pretendeu gastar em 2012 e que ultrapassou ….
Quando o gasto upa, upa é publicidade, vê-se que a verdadeira austeridade ………… é mesmo, mesmo, só para os outros !!! 
Num ano de 2013, em que já ninguém dúvida que será super mega híper horripiles para os atingidos pelo empobrecidos do Coelho e do Portas, Francisco Lopes brinda-nos com gastos em ….. publicidade de ….. 209.358,00€ !!!!
Francisco Lopes na desgestão da sua Câmara fica-nos com 5% do IRS, aumenta-nos a água, saneamentos e lixos, arremessa-nos com a nova taxa da protecção civil, sobe o IMI, multiplica o preço de todas as taxas e licenças …. E não abdica da sua híper mega super publicidade !!!!
Em ano horripiles para os empobrecidos Lamecenses, a prioridade e a preocupação de Francisco Lopes é a imagem …… o regabofe publicitário !!!
Por nós, bem pode publicitar-se à vontade, atirar-nos a sua imagem às montanhas, aos quadradinhos, às risquinhas, às bolinhas e setinhas ….
Não há publicidade que apague a chafurdice, a voação desmembrada, confusa e abundante de euros que fizeram com que Lamego depois de seculos de existência esteja sinalizada nos anais da insolvência autárquica calamitosa …  
As prioridades e preocupações do autarca Francisco Lopes deveriam ser mesmo, mesmo, o amenizar do empobrecimento dos Lamecenses, ajudá-los a sobreviver ao esfolanço fiscal e a manterem alguma carninha em cima dos ossos.
Já que uns, devoram dinheiros públicos em publicitações, e outros, são tudinho esfarripados …. na sua sobrevivência, por nós, asseguramos, não haverá publicidades que lhe valham !!!!

 

  
 

O CASPER diz que quem quer publicitar-se deve pagar do próprio bolso as publicitações, e deixar esses dinheiros públicos que saem dos nossos impostos para abaixamentos do preço da água, das taxas e nos aliviar a carga fiscal.