Número total de visualizações de página

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

A DIVIDA DE CADA LAMECENSE ......





Francisco Lopes presidente da Câmara de Lamego quando não o importunam, desafiam, contradizem, apertam, afligem, ombreiam, acareiam, abafam, arrostam ………… distribui mãozadas e beijinhos, cumprimenta o cãozinho e o gatinho, expele charme e baforadas sorridentes.

Francisco Lopes a falar de Lamego jorra palavras manuseadas e abrilhantadas.
Francisco Lopes presidente da Câmara de Lamego é angelical no falar, nas lamechices, no convencimento da sua iluminosidade de competência superior ……..
O diabólico vê-se-lhe quando o contradizem, afrontam ou lhe pedem contas ……..
O diabólico solta-se-lhe quando o povo se inteira que Francisco Lopes o presidente da Câmara de Lamego e a sua trupe plantaram em cima de cada Lamecense uma divida de 1,75 mil euros !!!!!!!
O diabólico do charme é sabermos que Francisco Lopes com a sua deslumbrante e incapacitada gestão camarário descarregou em cima de cada Lamecense uma divida que é muito superior ……. há  média nacional ……. há média da NUTS II ……. há média dos municípios da comunidade intermunicipal Douro Sul ……. e há média dos municípios com características territoriais, populacionais e socioeconómicos semelhantes a Lamego !!!!!!!
Que o mesmo é dizermos, sem fazermos nada e sem lhe termos dado autorização, Francisco Lopes na sua funesta gestão da Câmara de Lamego pôs-nos a dever e a ter de pagar 1,75 mil euros, que é muito mais, mais, mais que qualquer um outro cidadão que resida fora do concelho de Lamego deve.
Já, já a seguir os 1,75 mil euros que cada Lamecense deve, vai  estender-se com a soma  do descarregamento da Lamego Convida, Lamego Renova, multiusos, juros dos juros ………
No final …….. em 2014 fecharemos com uma coisa assim do tipo ..... 3,5 mil euros para cada Lamecense !!!!!!
Claro que haverá por aí quem esteja convencido que não lhe cobram nada ou que outros haverão de pagar ……
Inocências ...... deslumbrantes !!!!!
Vão Troikar-se como todos os Lamecenses ……
Ganda charme !!!!
 

 

 

O CASPER recomenda aos Lamecenses que da próxima vez que forem presenteados com um cumprimento ou apalavramento do angelical presidente camarário Francisco Lopes, aproveitem o charme para lhe cobrarem a divida que lhes plantou em cima.
 

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

A DEVASTAÇÃO ................




 
Oficialmente, a Câmara do Francisco Lopes encerrou o ano de 2013 com uma divida de 45,96 milhões de euros ….......

Oficialmente, esta divida raivosa evoluiu sempre na mesma onda desde que o Francisco Lopes e os seus muchachos do PSD e CDS assentaram arrais na Câmara de Lamego …....
Oficialmente, a tendência futura é para se manter ….....
Que o mesmo é dizermos …… Francisco Lopes e os seus muchachos do PSD e CDS estriparam continuadamente a Câmara de Lamego e não se enxerga uma forma de cozer o extirpamento para que Lamego respire.
Oficialmente, a Câmara do Francisco Lopes tem um divida que é muito maior ...........que a média nacional do endividamento dos municípios ........... que a média da NUTS II a que pertencemos .......... que a média da comunidade intermunicipal do Douro Sul e .............que a média da divida dos municípios com características territoriais, populacionais e socioeconómicas idênticas às de Lamego …......
Que o mesmo é dizermos ...…. Francisco Lopes e a sua coligação do PSD/CDS é o campeão dos campeões campeonados em vários campeonatos para escolher o campeão das dividas, dinheiros mal parados, bolsos rotos e desvarios financeiros !!!!
Oficialmente, esta divida não inclui os desarvoramentos financeiró-endividatórios da Lamego Renova, Lamego Convida e do aborto do multiusos que no seu conjunto andarão entre os 35 e os 40 milhões de euros …......
Oficialmente, a Lamego Convida, mais os 49% da Lamego Renova que trazem ao colo a aberração do multiusos e os incumprimentos bancários, desaparece em 2014 e o desarvoramento acoitar-se-á na Câmara do seu pai Francisco Lopes …...
Que o mesmo é dizermos …. o super mega híper gestor expert iluminado sabichão Francisco Lopes e os seus muchachos do PSD e CDS deram a Lamego um estoiro de 80 milhões de euros !!!!!!!!!
O grau de devastação de Lamego é exterminativo do seu futuro ……… e contou sempre com o sorriso reluzente e convencidólas dos protagonistas principais Francisco Lopes, Paulo Correia, Domingos Nascimento e Sô Pinto, e os ajudantes de campo António Carreira, Amândio da Fonseca, Teresa Santos, Coutinho, José Pereira, Marina Valle, Jorge Osório e restantes muchachos da coligação PSD/CDS !!!!!!!!!!

 
 
 

O CASPER  diz que ainda há Lamecenses felizes porque estão convencidos que o pagamento da devastação não lhes vai bater à porta.  
 

terça-feira, 14 de outubro de 2014

O PODERIO DOS SEGREDOS ...... VIDINHA DOURADA !!!!

 
 
 
Joaquim Migueis …… o arquiteto camarário ……. chefe das obras públicas foi promovido por Francisco Lopes e a sua coligação PSD/CDS a vogal do conselho de administração quando montaram aquela coisa acéfala e cacófaga da Lamego Convida !!!!
O arquiteto membro do conselho de administração, nas lides da Lamego Convida fez sempre questão de andar apagadito e disfarçante para ver se o pessoal não se lembrava que era também responsável por aquelas coisas estrumadas e funestas que por lá se faziam ….... e mostrava-se com uns óculos bem escurinhos para nos convencer que as suas vistinhas não abarcavam nada sobre o estrambalhado e pervertido multiusos !!!!!!
No apagadito disfarçante só não entravam as bués das regalias que como administrador da Lamego Convida gozava …… acrescentos remuneratórios, popó à lá bota pr´a lá, e télélé à lá carte.
Migueis, membro do conselho de administração e parte ativa de decisões, durante os últimos cinco anos esteve …. nem aí ….. para os assassinamentos da trilogia Lamego Convida, Lamego Renova e Câmara de Lamego ……. mas sempre ….. toou aí ….. para as regalias que a tríade lhe oferecia !!!!!!
Agora com o falecimento falecido da Lamego Convida, Migueis, o arquiteto regressa à Câmara, e pela amostragem, continua na onda de …. sou o maior …. não me chateiem ....... e do ….. toou aí .…. de regalias !!!!!!
Para começo de conversa, Migueis iniciou o seu regresso dedicando-se às suas próprias dependências instalativó-camarárias ….…..
Para escolher o seu gabinete, deu um passeio alargado pela edificação camarária e agradou-se de um, que por sinal estava ocupado e em funcionamento por um engenheiro que chefia as águas e os rebentamentos líquidos.  
Agradou-se e escolheu-o.
Sem mais crês ou crés, o chefe engenheiro das águas e afins foi posto a zarpar do seu assento instalado e a funcionar, e mandado assentar-se para outras latitudes do edifício camarário …..
Mas Migueis, o arquiteto, apesar de se ter apaixonado pelo gabinete do outro, que foi posto a zarpar, não ficou seduzido pela cor esbatida das paredes e, também sem crês ou crés, tratou na hora de pôr o pessoal trabalhador camarário a ……… bota lá uma pintura nova !!!!!
Parece que o mobiliário também não lhe encaixou bem com a cor dos olhos, quando anda sem os óculos escurinhos ……. e bota lá de substituir a tralha mobiliária do outro que lá estava assentado !!!!!!
Migueis, o arquiteto camarário, elevado ao conselho de administração da Lamego Convida por Francisco Lopes bate agora o pé para voltar a ser o chefe máximo das obras ……. e já avisou os governantes camarários e apêndices, que não admite ficar sob as ordens de outros chefes !!!!!!!!
Esta regalia é que é mais complicada …… de cozinhar.
A Câmara de Lamego por causa da sua abrilhantada fossa financeira polida por Francisco Lopes e a sua coligação PSD/CDS, foi obrigada a diminuir o número de chefias e a aprovar um novo organigrama que já opera há largos meses.
Na data, Francisco Lopes foi obrigado a juntar no mesmo departamento as obras particulares e públicas para apagar duas chefias e passar a ter só uma e teve de apagar mais chefias.
De apagão, em apagão, apagou gente como a engenheira Maria de Lurdes e o Dr. Hélder, chefe veterinário dos cãezinhos e dos gatinhos ……..
Estes e outros apagados, estão com a língua afiada a aguardar o bater do pé de Migueis, o arquiteto, e o seu encaixamento. 
E os que não foram apagados, sabendo que não há cotas vagas para chefias, já avisaram que ……… que o teto camarário vem a baixo, se pensarem em apagá-los para fazer nascer uma chefia à imagem e medida de ..……. Migueis, o arquiteto !!!!!!!!!!!
Esta regalia de chefão ……… é mesmo bué de complicada e retorcida.
Mas se Migueis, o arquiteto, regressado do conselho de administração da Lamego Convida teve poderio para escolher à la carte um gabinete, mandar desapossar do dito gabinete um chefe, e dar-se a decorações …….. a robustez junto de Francisco Lopes e apêndices avizinha-se possante !!!!!!!    
 
 
 
O CASPER diz que Francisco Lopes vai ter de desembrulhar a chefia complicada, porque é muito mais espinhoso Migueis, o arquiteto, vogal do conselho de administração da Lamego Convida abrir o seu baú de segredos.  

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

VALHA-NOS A ASAE !!!!!!




Já sabíamos que um doente que tivesse que ser internado a seguir ao almoço, se nesse dia quisesse lanchar e jantar, a família tinha que vir a casa buscar um termozinho com chazinho ou sopinha, umas bolachinhas e taparuers com arroz, massa, peixinho, carninha, frutinha ou docinho …….

Para quem vive em Lamego … vá, que não vá …...
Mas para os desgraçados da Pesqueira, Tabuaço, Moimenta ……. é os chineses, o bar do hospital ou os cafés e restaurantes ali perto …….
Isto claro, se não tiverem mingua de euros ………………..
Se tiverem ..….. não há papinha para ninguém, e com sorte contam com o bom coração do doente da cama ao lado para lhes ceder um pãozito !!!!
As refeições e os chazinhos vêm rigorosamente contadinhos para o número de doentes do dia anterior ….. e quem entrar depois da contagem …. vai para a lista dos gordos e fica sem papinha !!!!
Tudo porque os administradores hospitalares todos nomeados pelo governo do Passos Coelho e do Paulo Portas, têm ordens do Macedo que nos trata da saúde, para cortarem nas gorduras do pessoal que tem a pouca sorte de adoecer !!!!!
Os senhores da ASAE na passada sexta-feira andaram a fazer uma mega visita nacional aos bares, cantinas e copas hospitalares e fecharam resmas destes compartimentos.
Na lista da ASAE também esteve o hospital de Lamego e na visitinha as coisas não correram nada bem …...
Os Sr. Administradores na sua onde de cortes, cortam tanto, tanto, tanto que até cortaram nos papeis que a lei exige para ter um bar hospitalar aberto e vender paparocas ao pessoal …....
Cortaram nos papéis que legalizam estas coisas ……. e cortaram nas regras de funcionamento das copas que são aqueles sítios onde se tira a comidas dos tachos e se põe no pratos ……..
A ASAE não gostou e não brincou …. fechou o bar e afins, e levantou autos.
A coisa foi abafada com o carimbo de confidencialíssimo e o pessoal hospitalar que espreitou só murmura a coisa por linguagem gestual baralhada para que não se perceba que sabem e não lhes deem  porrada por serem delatores !!!!!
Percebe-se o confidencialíssimo sigiloso.
Era chato e escandaloso ficarmos todos a saber que os administradores do estado não cumprirem as leis do seu próprio estado.
É chato e escandaloso ficarmos todos a saber da incompetência e que a fúria dos cortes chega aos cortes dos papeis legalizantes ......... 
Viva a ASAE e a papinha dos administradores hospitalares !!!!!!!!!!!!
 

  

 

O CASPER sugere que o Francisco Lopes dê uma palavrinha aos companheiros administradores hospitalares para porem o barão tamagotchi de Cepões a explorar o bar hospital porque com ele ….. é tudo legal. 
 

sábado, 4 de outubro de 2014

UM REAL CACETADA DIRETIVA .......





Haverá por aí quem ainda se lembre, que há uns tempos atrás, Francisco Lopes resolveu sanear um diretor porque lhe era incontrolavelmente incomodo.
A onda foi dar um tremendo de um apagão no único Agrupamento de Escolas que existia em Lamego, criar um outro, que engoliu as escolas daquele Agrupamento e presentear com o cargo de diretor um tal de Martins que lhe era acomodado ……
Carlos Rei era o diretor do Agrupamento de Escolas EB, 2/3 de Fafel, um modelo de organização e ensino que funcionava de forma excecional e que era o regalo dos meninos e jovens alunos, pais e professores ..…. e que, sabe-se agora, era mesmo um exemplo de boa gestão escolar aos olhos da cadeia hierárquica do Ministério da Educação do governo do Francisco Lopes !!!!!
Em Lamego, o exemplo exemplar incontrolavelmente incómodo …… à autarquia de Francisco Lopes foi emprateleirado. 
***********
Em Sernancelhe havia um Centro Escolar novinho em folha, que há largos meses estava vazio e um Agrupamento de Escolas onde professores, alunos e pais não se entendiam bués de bués e andavam todos embrulhados.
Em Sernancelhe a direção do Agrupamento alternava há meses, ao sabor de  porradas, estaladões e ações judiciais.
O Presidente da Câmara de Sernancelhe, companheiro politico de Francisco Lopes, e a cadeia hierárquica do Ministério da Educação andavam de cabelos em permanente electrocução por causa da incontrolável desarrumação no Agrupamento e da prolongação do fechamento do Centro Escolar …...
Eis quando, as alminhas desesperadas da DGESTE se lembraram que a  salvação do caos seria convencerem o exemplar diretor Carlos Rei de Lamego a ir para Sernancelhe pôr ordem e em funcionamento a casa do ensino !!!!
Convenceram-no e nomearam-no, depois de também terem aceite as condições de Carlos Rei, que passaram por levar com ele e para Sernancelhe a sua equipa diretiva …… do Agrupamento de Escolas EB, 2/3 de Fafel !!!!
Carlos Rei e a sua equipa estão de arraiais assentados em Sernancelhe.
O Centro Escolar de Sernancelhe já foi inaugurado com pompa e circunstância pelo 1º Ministro Passos Coelho e o seu Ministra da Educação Crato e funciona que é um miminho.
A desarrumação no Agrupamento de Escolas foi arrumada e o pessoal educacional do estaladão anda direitinho. 
Em Sernancelhe, o Presidente da Câmara companheiro politico de Francisco Lopes dá louvações à vida educacional imprimida pelo Diretor importado de Lamego …..
A DGEST agradece porque deixou de ter electrocução nos cabelos.
Em suma …. Carlos Rei e a sua equipa diretiva estão a fazer muita gente feliz em Sernancelhe, resolveram o problema dos políticos e por lá ninguém os acha incómodos na educação e gestão escolar …...
****************
Francisco Lopes quando soube que a DGESTE do seu governo tinha pedinchado ajuda para pôr o ensino a funcionar em Sernancelhe ……….. ao diretor que ele escorraçou porque lhe era incomodativo ……. estrondeceu-se e repuxou …. mas ninguém lhe ligou !!!!
A DGESTE  ao pedinchar ….. e Carlos Rei ao aceitar a missão de em Sernancelhe pôr ordem e em funcionamento um Agrupamento de Escolas que estava em guerra atómica ….. deram uma tão valente e real cacetada nas incomodidades de Francisco Lopes que o fizeram engolir o reconhecimento desta competência diretiva, por cá e além fronteiras !!!! 

 

 

O CASPER diz que esta cacetada no lombo de Francisco Lopes e do seu diretor comodo é tão estrondada, estrepitosa, barulhente e luxuosa que até dói às pedras da calçada …...